Quem administra os bens – de pessoa solteira desaparecida – declarada ausente?

Para começar, é importante explicar que, declarada a ausência de uma pessoa desaparecida, é nomeado curador, para que administre os bens do/a ausente.
Sendo declarada ausente – a pessoa solteira e desaparecida – o nosso Código Civil, no parágrafo primeiro, do artigo 25, determina que “Em falta do cônjuge, a curadoria dos bens do ausente incumbe aos pais ou aos descendentes, nesta ordem, não havendo impedimento que os iniba de exercer o cargo.”
Importante, também, destaca que, com base nos parágrafos, 2º e 3º, desse mesmo artigo 25, do Código Civil – “Entre os descendentes, os mais próximos precedem os mais remotos” e “Na falta das pessoas mencionadas, compete ao juiz a escolha do curador.”

Acho interessante indicar o KIT PETIÇÃO PREMIUM 2021 – clique aqui para informações