Compra de apartamento – Declaração de inexistência de débito condominial –

Compra de apartamento - Declaração de inexistência de débito condominial -

Compra de apartamento. Importante a declaração de inexistência de débito condominial. Esse é o tema dessa postagem.

Na Compra de apartamento, por que é importante a declaração de inexistência de débito de cotas condominiais?

Realmente, essa é uma dúvida comum. Contudo, independente da resposta, existe boa alternativa, para quem quer comprar apartamento com dívida, conforme abaixo explicado.

Resposta

Indo, diretamente ao ponto da resposta, a declaração de inexistência de débito é importante, porque, o comprador do apartamento fica responsável pelos débitos deixados pelo vendedor, perante o condomínio. Com efeito, essa ordem é do artigo 1.345, do Código Civil. Certamente, essa declaração deve ser assinada pelo síndico.

Outra explicação

Nesse sentido, a existência dessa dívida não impede a compra do imóvel, prém, o comprador precisa saber que, a partir da compra, é responsável pelo débito, perante o condomínio. Dessa forma, é possível a compra, sendo descontado o débito do valor total do negócio imobiliário. Esse desconto deve combinado entre as partes e documentado.

Conclusão

Dessa forma, a lei e as explicações acima respondem à pergunta feita no início dessa postagem. Com efeito, qualquer outra explicação irá além do limite da resposta. Além disso, nesse site o leitor ou a leitora encontra textos nas áreas do Direito Civil, no que diz respeito à pessoa, à família, à herança, aos bens, às obrigações individuais e solidárias e aos contratos. Além disso, também, estão presentes textos na área do Direito do Consumidor, nas relações de consumo. Certamente, o objetivo principal é conseguir esclarecer as dúvidas do leitor ou da leitora, de forma clara e objetiva. Assim, para saber outras informações interessantes sobre assuntos jurídicos Clique Aqui

Gostou do tema dessa postagem? Se quiser, deixe seu comentário no formulário abaixo.

Os comentários, antes de publicados, passam por moderação.

Clique aqui para visitar o canal da Advogada Ana Lucia Nicolau no YouTube