Para o Código Civil, a procuração verbal é válida?

Para o Código Civil, a procuração verbal é válida?

Procuração verbal. Validade perante o Código Cívil. Esse é o tema de texto.

Resposta

Com efeito, apenas, quando a lei não exigir procuração escrita, tem vaidade a procuração verbal. Isso, porque, é essa a determinação do artigo 657, do Código Civil. Porém, são importantes outras explicações.

Outras Explicações – Procuração Verbal

Procuração e Mandato –

 De forma simples, a procuração é a forma como alguém faz uma tarefa solicitada por outra pessoa. Literalmente, o artigo 653, do nosso Código Civil ordena: “A procuração é o instrumento do mandato”. Nesse sentido, mandato é a entrega de poderes que uma pessoa passa para outra pessoa, para em seu nome, praticar atos ou administrar interesses. Essa é a ordem, também, do artigo 653, do Código Civil.

Formas de Mandato e Procuração –

Com efeito, o mandato pode ser expresso ou tácito, verbal ou escrito. Essa é a ordem do artigo 656, do Código Civil. Por outro lado, o artigo 657, do Código Civil, ordena que, deve seguir a forma exigida pela lei, a entrega de poderes, para uma pessoa representar outra pessoa, por procuração. Ou seja, a falta de ordem legal de procuração escrita gera a possibilidade da validade da procuração verbal.

Final – Procuração Verbal

Dessa forma, o Código Civil, bem como, as explicações complementares acima, respondem à pergunta feita. Certamente, qualquer outra explicação ultrapassará o limite da resposta e tornará repetitivo o texto dessa postagem. Além disso, nesse site, o leitor ou a leitora encontra textos nas áreas do Direito Civil, no que diz respeito à pessoa, à família, à herança, aos bens, às obrigações individuais e solidárias e aos contratos. Além disso, também, estão presentes textos na área do Direito do Consumidor, nas relações de consumo. O objetivo principal é conseguir esclarecer as dúvidas do leitor ou da leitora, de forma clara e objetiva.

Gostou do tema dessa postagem? Se quiser, deixe seu comentário no formulário abaixo.

Para saber outras informações interessantes sobre assuntos jurídicos Clique Aqui

Clique aqui para visitar o canal da Advogada Ana Lucia Nicolau no YouTube